quinta-feira, 16 de abril de 2009

Flerte fatal

Conheci recentemente essa canção do Celso Fonseca. Simplemente deliciosa. A letra toca num assunto tabu: um flerte entre duas pessoas casadas --com outras pessoas... Ou seja, dois casais, e ela demonstrando uma "queda" pelo marido alheio. Há quem classifique logo a coisa como de segunda... de quinta. Mas "Viver é um perigo", diz a letra. Eu tento não julgar nada. Só não tolero a vulgaridade. Faça o que quiser, desde que não seja algo banal, vulgar, se é que você me entende. E a música coloca a situação de de um jeitinho tão interessante, palavras no lugar certo. O desejo às vezes está ali, "mas deixa pra lá". Ou não, como diria Caetano (aliás, separado desde o nascimento de Celso Fonseca. Como se parecem!) Seria uma versão moderna e mais cool da "Namoradinha de um amigo meu" (do Rei)? Achei esse vídeo ótimo em que Celso canta sua "Queda", com Paulinho Moska. Me diga depois: você já viveu algo parecido? E deixou pra lá? Ou não?

12 comentários:

Lu Motta disse...

Como no meu trabalho é bloqueado para vídeos, não pude ouvir a música. Fui pesquisar no google e não achei a letra... Você poderia postar?

Lu Fuoco disse...

Hum...eu não sabia que ele tinha dona. Ele flertou por um ano, até que não resisti aos encantos. Quando soube que a dona existia já era tarde para deixar para lá. E hoje ele é meu. Valeu a pena!

Bjo procê, Rô! Saudade...

Pâmela disse...

Ah, eu acho que todos já vivemos isso algum dia, né?
Adorei a música e o vídeo é mesmo muito descontraído!
Bejos!

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

assunto delicado.

mas vamos lá. Acho hipocresia a pessoa dizer que só porque casou todo o resto do mundo perdeu seu encanto.

Sou casada e todas as mulheres que eram lindas continuam sendo... acontece é que agora eu avalio se quero colocar meu casamento em risco, saca?

A musica fala em atração, em olhares, em sedução...

meu conselho: se ela souber guardar um segredo... manda bala "mermão"

Maria Paula disse...

Quem já não passou por uma saia justa assim??

Pois é, mas numa dessas o importante é saber se portar, e "deixar pra lá..."

Dói uma dor doída, mas se não for certeza, não acho que valha a pena bagunçar a vida de ninguém mesmo!!!

Beijos mill

ALOBONDER disse...

Garotas;
O vídeo esta dando erro,mão sei se é meu terminal.
Mas tem uma tambem que eu não sei se esta ao gênero:
"Será que essa gente percebeu
que a morena desse amigo meu
esta me dando bola tão descontraída
Só que eu não vou em bola dividida..."
Monogamia,bigamia,poligamia, poliandria..., são assuntos controversos e que remontam as o
rigens do ser humano. ...Ui...
Sério agora:
A minha opinião é que o único e primordial comprommisso numa relação à dois é o compromisso afetivo.
É dificil falar isso para os hormônios, mas...

Anônimo disse...

Igual aquela história do caso que o Chico Buarque teve com uma mulher casada e o marido dela reclamou em público:
- Põ, o Chico Buarque SABIA que ela tem parceiro..(É CASADA, LITERALMENTE)
Nessas horas marido vira parceiro, parceiro vira marido,esposa vira mulher, mulher vira parceira...

sonia correa disse...

Todas as mulheres e homens do meu Brasil Varonil e mais o time do flamengo, gostariam de ter tido um casinho extra, é uma pena que eu nunca experimentei isto, sinto muito, talvez me arrependa para o resto de minha vida, pq. vamos ficando velhos e temendo muitas coisas, mas VC. QUE É JOVEM nunca deixe a coisa passar vá em frente, nunca case com o primeiro pq. o arrependimento vem depois de estarmos velhos ai fudeu....passou, já era....a fila andou....
Palomita aproveita teus 27 aninhos eles não voltam mais....

Juliana Cunha disse...

Hum belo post, adorei. Afinal todos nós corremos o risco de se apaixonar a todo instante. Não dá para julgar se é certo ou errado, a vida gosta de nos fazer algumas surpresas.
Agora mudando de assunto Rô, eu sempre leio o blog e hoje vendo com mais calma, acabei te reconhecendo, vc foi palestrante na minha faculdade nessa semana!!
Adorei, pq é justamente o seguimento que eu gosto..
Tudo d ebom!
bju

Anônimo disse...

Mas, é um flerte entre duas pessoas ou entre os 2 casais?
Atitude que exclui ou inclui o parceiro ? Porque sim, faz toda a diferença.

Abcs

Ana W.

andrea disse...

q atire a primeira pedra qm nunca passou por isso...
não existe culpa possivel, somos todos humanos e estamos vivos, inter-agindo com outros e outras todo o tempo...o legal é reconhecer o q existe, pesar se vale a pena ou nao e ai sim, decidir o q vai rolar...

Ps: tb adoro Celso Fonseca...

Valéria Martins disse...

Enquanto eu estava casada nunca aconteceu... Nem sem ser casada.

Gosto muito do Moska como compositor. Foi meu colega durante todo o segundo grau no Colégio Santo Agostinho. Já era artista naquela época, todas as gincanas em que alguém tinha que se fantasiar de alguma coisa e fazer imitações, ele ganhava, hahaha!

Beijos