quarta-feira, 1 de outubro de 2008

E o veredicto é...


Em tempos de Lei Seca, ser vizinha de boteco é luxo. Ontem, fui com minha parceira de primeira e seu maridón provar um clássico petisco geralmente comercializado em praças e ruas da capital paulistana: o churrasquinho grego, que agora também pode ser apreciado no boteco que abriu na esquina de casa, o Veredicto. Pois é, agora sou duplamente sortuda: posso beber sem medo de ser presa e comer sem medo de ter dor-de-barriga! Não por acaso, o sanduíche foi batizado de Praça da Sé e é um dos carros-chefes da casa, inaugurada há 20 dias no bairro do Sumaré. De acordo com um dos proprietários, José Gonçalves, a iguaria é preparada com carne de primeiríssima e tem feito sucesso absoluto entre os clientes. Eu nunca tinha provado um churrasquinho grego na vida, com receio de devorar um gato com vinagrete em pleno centrão de São Paulo, mas ontem realmente me deliciei com o lanche, que sai por R$ 12,50 - tudo bem, na Praça da Sé certamente o preço é bem menor, mas o cenário não é tão charmoso (e a carne, não tão confiável)! Concorda? Por isso, o meu veredicto para o sanduba é: APROVADO! Nota 10! Ficou com água na boca? Vai lá!

Veredicto Bar
Rua Apinajés, 1523 – Sumaré – São Paulo/SP
Fone: (11) 3873-0990

10 comentários:

Andreia disse...

Paloma, ontem mesmo comentei com meu filho q comi churrasco grego no centrão daí, ele duvidou de mim!!!!
bom, fato é q isso faz uns 20 anos, sobrevivi ao gato espetado e to vivinha...
e, confesso, adoro, adoro, adoro!!!
alias, adoro comida de rua, hotdog podrão, churrasquinhos, hehehehe...
O endereço ta anotadinho...qdo estiver por ai, vou conferir!
bjks

MELISSA S disse...

Ah, mas eu vou mesmo!! Churrasquinho grego fino deve ser tudo de bom, meu deu até fome. Valeu pela dica! Bj

vida cotidiana disse...

Até que fiquei com água na boca pena que estou a alguns muitos quilometros de distância, aqui no Rio...
Bjs

giovana disse...

É o churrasquinho grego invadindo o mundo! Aqui no Japão também tem disso (em Nagoya pelo menos tem!) E viva o Churrasquinho...

Ita Andrade disse...

Um confissão: Quando morei em Sampa, tive que comer muito churraco grego, (daquele suspeito mesmo) até chegar ao atelier do sr Clodovil Hernandez onde troquei o dito churrasco pelo "pão que o diabo amassou". Dizem que felicidade é ter saúde boa e memoria fraca. Eu acredito nisso!
Voces me fazem lembrar de cada uma! nesse momento nem sei se sinto pena ou orgulho de mim...
beijos

Ricardo Soares disse...

MENINAS GENTIS... ESTOU RETRIBUINDO A LINKADA !!!
KISSES

Érica Martinez disse...

Paloma! Vizinhéeeerrima! Lá tem o Barthô, tb, que tem uma mesa de acepipes bem da gostosinha!

Mayco Gobeti disse...

Adoooorooo essa lei seca e um saco p quem bebe, mas aonde moro aqui em Vitoria ES, moro numa rua q e so de bares nossa me acabo rsrsr
bjos

Anthony Wilson disse...

i'm hungry!

Cruela disse...

dizem por aí que o churrasquinho grego só é bom pq a procedência é duvidosa...