segunda-feira, 13 de outubro de 2008

A restolândia de dona Canô


Na casa de dona Canô, segunda-feira é dia de "restolândia" no almoço. É o que diz Isaura, funcionária da casa dos Velloso, em Salvador, à repórter Karla Monteiro, que assina um perfil delicioso da mãe de Betânia e Caetano, na revista de domingo do jornal "O Globo" (de 5/10). Delícia também deve ser o livro de receitas de dona Canô, "O Sal é um Dom" (ed. Nova Fronteira), organizado pela filha Mabel (a terceira da prole de oito) a partir de um caderninho escrito à mão. Na reportagem, Mabel conta que dona Canô disse essa frase a Rodrigo, outro dos filhos, enquanto explicava uma receita, por telefone: "Ah, meu filho, o sal é um dom". Ou seja, os ingredientes são os mesmos, mas o tempero é coisa de cada um. Ah, quando eu crescer e tiver 101 anos, quero ser sábia e doce como Dona Canô. Em outras aspas, a matriarca diz que, na família Velloso, todo mundo nasceu com a "cabeça cheia de música e o estômago cheio de fome". E, quanto à restolândia, naquela segunda-feira tinha siri, sururu, carne de panela, lingüiça, costelinha... Ou seja, porções de tudo o que havia no domingo, requentadas, e com o tempero mais curtido. Afinal, nada como o sabor de algumas comidinhas amanhecidas... Feijão bem temperadinho, cozidos apimentados... Tem coisa mais de segunda --e mais de primeira? Qual é a sua restolândia favorita?

9 comentários:

vida cotidiana disse...

Ela é fofa, né? concordo quando ela fala, o sal é um dom, esse sal em todos os sentidos.
Minha restolândia, seria arroz, legumes, molho e algum peixinho esquecido, acho que fica bom.

Ita Andrade disse...

"O sal é um dom" ai que quase morri de tanto gostar disso!
Fez pensar naquela pitada que os doces levam... ciume na medida, lágrimas de amor, palavras duras mas nem tanto,equilíbrio, sabedoria... Aliás, Dona Canô é isso, dentro e fora da cozinha
Valeu Palomita!

Rosane Queiroz disse...

Que palomita, ita?

quem postou dona canô foi a RO!


besitos,

Ita Andrade disse...

PUTZ! então...
VALEU ROSANITA!!!

Anônimo disse...

O trigo sem o joio.

MELISSA S disse...

Minha restolândia preferida é farofa! Pq farofa dormida é td de bom... Carne assada tb pq pega mais o tempero... Ai, q delícia!! :))

Érica Martinez disse...

e essa cara FOFA?!!!

Monica Loureiro disse...

Adorei saber um pouco sobre Dona Canô....Ficou como um "tiragosto", que vontade de saber mais !

Crist. disse...

que gracinha da Dona Canô! Tbém quero ser como ela uma dia.
Beijos,
Cristina