terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Overdose de jiló!

Já pensou em passar um dia inteirinho, de cabo a rabo, se esbaldando com porções e mais porções de jiló? Jiló frito, jiló assado, jiló grelhado, jiló cozido… Afinal, quem foi que disse que ingredientes “de segunda” não podem se transformar em pratos super de primeira? Pois bem, um moçoilo visionário chamado Guilherme Studart, autor do livro Rio Botequim (Casa da Palavra Editora), inventou o mais novo e arrojado programa gastronômico para quem estiver de bobeira pelo Rio de Janeiro: a Caravana do Jiló. O negócio é super simples: você paga R$ 100 e fica um dia todo percorrendo diversos botequins cariocas (famosos pelo preparo desta iguaria super difamada) a bordo de um micro-ônibus que tem até ar-refrigerado! Chique! Se eu estivesse – ou pudesse – ir para a cidade maravilhosa agora, neste momento, não preciso nem dizer que seria A PRIMEIRA da fila a para embarcar nesta inesquecível experiência! E para os mais inseguros, vale a dica: a taxa de adesão também engloba goles e mais goles de chopes, cervejas e cachaças - pra dar aquela coragenzinha básica antes da primeira garfada. Glup! Minha pergunta agora é: quando esse Guilherme Studart vai baixar aqui em São Paulo? Será que ele topa fazer uma parceria com as Garotas de Segunda? Também quero comer jiló de todos os tipos! E você, toparia participar deste programa gastronômico mega de primeira?   

Agradecimento especial: Elisa Correa, a mais nova "personal pauteira" do Garotas de Segunda!

14 comentários:

vida cotidiana disse...

Eu toparia sim, amo jiló, o único problema é que eu não teria com quem ir, porque ninguém que conheço gosta de jiló.... o que é uma pena...bjs

ALOBONDER disse...

Com um pé na carioquice(do Rio, é craro!)e outro até hoje não sei bem onde, acho que os conterrâneos concordariam em achar esse tour um pouco inflacionado em se tratando de jiló principalmente. Com cenzinho se passa bem melhor do que só comer jiló o dia todo.
Talvez comer pizza o dia todo em SP.

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

bem, só como jiló com fígado acebolado, e isso só tem no mercado central de belo horizonte e só custa 5,90 a porção.

então vou passar.

andrea disse...

respeito o gosto...mas eu, não como jiló, nem de graça...por 100zinho, pego o busão pra sp, direto pro mercadão, peço 3 pastel e 4 chopps...[brincadeirinha!!!]

kekel^^ disse...

se topariaa...
ú.ú...
mas manaus e tãaaaaaaaaao longe...
uahuhauhua
^^

Grazi disse...

Eu toparia na hora, mas se o alimento principal fosse outro. Detesto jiló rs
bjus

Pâmela disse...

Para comer jiló? Não mesmo!

RE disse...

Olha, eu adoro jiló, mas 100? muito caro.A idéia é otima. Aqui em BH temos algo parecido só que durante o festival do Comida di Buteco.Existem vans que vão percorrendo todos os bares participantes do festival durante o dia todo. Bem bacana.

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

olá
tem sorteio para assistir a pre-estreia do filme Divã no Calcinhas no Box.

Passa lá.

beijos

www.calcinhasnobox.blogspot.com

Negri disse...

com uma cervejinha, hum, confesso que fiquei com vontade.

Calabresa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Calabresa disse...

Deus me livre!
Mesmo tendo sido "uma menina boa de se criar" por adorar verduras, jiló não dá, nunca deu!
Eu como quiabo, maxixe, chuchu, mas jiló nunca entrou.
Mas acho que meu pai toparia,ele adora jiló, e seria sem cachaça e afins, pois ele não bebe.
Um bifinho de fígado beeem acebolado seria bem melhor!
Bjsss

Anônimo disse...

A questão se encerra no momento que para o legítimo carioca um programa de segunda por mais que tenha roupagem não se categoriza com um de primeira.Simples. E jiló será sempre simplesmente jiló.
Subornando uma velha giría carioca, ou é de primeira ou "já era"
Com esses cem reaus eu como churrasquinho de gato em um monte de ensaio de escola de samba.
Ah, e com direito a cerveja quente.
Nada contra as sugestões tão de primeira.

Bianca BIH Bibiano disse...

olha pá, acho q jiló é dificil, minha parte em cerveja. e por falar nisso, qq vc acha de marcar uma na vila madalena ou em outro lugarejo? beijos!!