terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Samba na segunda

Antes que esse blog mude de nome e vire o "Garotas de Terça" (cadê você, Paloma?!), vamos às novidades: você já ouviu falar no Samba do Trabalhador? É um samba tradicional que acontece, acredite, toda segunda-feira à tarde, na quadra do clube Renascença, no Andaraí, Rio de Janeiro. O nome da roda, liderada pelo sambista Moacyr Luz, é uma homenagem aos músicos que trabalham no fim-de-semana e só tem a segunda-feira de folga. Mas logo a balada começou a atrair também manicures, atores, motoristas de táxi, e toda sorte de gente que pega pesado aos sábados e domingos, em torno de cerveja gelada, pastéizinhos, frango à passarinho e até feijoada, em plena segunda! "O Samba do Trabalhador é uma das melhores rodas de samba da cidade", diz a escritora Heloisa Seixas, em uma reportagem sobre o evento, na revista "Serafina" do último domingo. Sem contar que sambar na segunda à tarde deve dar um barato diferente. Ao pensar que tá todo mundo ralando e você ali, só no sapatinho...

6 comentários:

Miss Halliday disse...

Ai, nada como morar em cidade grandona... Rsrs!

Rô, indiquei o Garotas tbém, pro selinho, viu?

Bju

ALOBONDER disse...

Pior que de segunda

Mé com pé da fé
Fé de mais fé de menos
Só não rima preces com fezes
Não rima não ora nem cheira bem

Vem sambar sinha
Poôxa meu bem

Não chora cavaco
Deixa que é a viola é que vai
Batendo miudinho, bem devagarinho
Para voce não se enganar

Vem sambar mulhé
requebra meu bem
Só esse sacolejo
Só isso que é meu bem

Isso é que é
samba com fé

Fé de primeira
Fé de segunda
Fé de terceira

Igual a borracha queimada
Sem ser caramelada
nem achocolatada
mas bem de segunda tambem.

Diego Pacheco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Valéria Martins disse...

Querida Rô, nunca consegui ir ao Samba do Trabalhador porque, justamente, acontece às segundas à tarde. Só quem NÃO é trabalhador formal consegue ir.

Mas frequento de vez em quando o Samba Luzia, comandado pelo Moacir Luz, programa tipicamente carioca. Vou adorar levá-la quando vier ao Rio. Beijão!

ALOBONDER disse...

Salgueiiiiro;Sal-gueiiiro!
Tum tá, tchitum tá
Tum tá;tchituntum tá
Sal-gueiiiro!

ALOBONDER disse...

Tum tá, tchitum tá
Tuntum tá;tchituntum tá