quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Fotos de primeira, cenas de quinta





Essas fotos são de Kaan Zeren, amigo que mora em Paraty e está passando uns dias hospedado em minha casa, em São Paulo, "Depois de bater a cabeça numa pedra, na praia de Trindade", diz ele, aqui ao meu lado (ele veio fazer umas radiografias da cuca). Kaan, 30 anos, é da Turquia, trabalha em Paraty como cozinheiro do restaurante Thai Brasil, vive com a bela alemã Christina, e passa ao menos seis meses por ano viajando pelo mundo, e captando, com seu olhar peculiar, cenas como essas. Cenas de segunda, de quinta, que acontecem na América Latina, ali na esquina, em tantos lugares do planeta... Por essas e outras, eu o convidei para respoder o Quiz GS, depois de traduzir o que significam as axpressões (tão brasileiras...) de segunda, de quinta, de primeira. Bem, parece que ele entendeu:

1 Minha definição de segunda-feira: um dia como qualquer outro, porque não tenho rotina fixa. Nem sei que horas são, ao longo do dia

2 Uma receita de primeira com ingredientes de segunda: almôndegas

3 Uma balada de segunda (-feira): beber para chegar na terça

4 "Parece de segunda, mas é de primeira...": andar de ônibus

5 "Parece de primeira, mas é de segunda...": fazer compras no shopping

6 Uma pessoa de primeira: Mohamed Ali

7 Uma atitude de quinta: matar o tempo

8 Um programa de quinta: ver os telejornais noturnos

9 Um dia em que eu me senti de segunda: num hospital público, aguardando atendimento, e o médico me disse que, por não ser brasileiro, deveria ir ao meu país para ser atendido...

10 Um antídoto contra a TPS (tensão pré-segunda):
em Paraty, sair de barco ou fazer um churrasco na cachoeira

13 comentários:

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Realmente...

Fernanda Alves disse...

As vezes a verdade nos impressiona=)

vida cotidiana disse...

Muita verdade em tudo que disse,as fotos, nem se fala. bjs

Lu Fuoco disse...

Hospitais públicos...se eu dissesse o que sinto e o que penso, escreveria horrores.

Fico pensando o seguinte: o que levou este ser a fazer medicina???

Pâmela disse...

Lindas fotos. Amei.
Ele tem mesmo o olho sensível para o mundo.
Pena que sejam tão tristes, não?
Beijos!

kekel^^ disse...

triste!!
ainda mais fim de ano!!
tds preocupados com roupas, comidas, festas.. e esquecem que tem gente q não tem oportunidade disso!!
^^

Armando Maynard disse...

A foto do menino de rua dormindo próximo a vitrine da loja pode muito bem ser a "VITRINE DO BRASIL". Quanto aos hospitais públicos em todo país é uma VERGONHA, deveriámos chamá-los insistentemente de HOSPITAIS DOS GOVERNOS incompetentes onde se trataria as doenças dos descasos com saúde, educação, segurança...Um abraço, Armando - fetichedecinefilo.blogspot.com(posto também em lygiaprudente.blogspot.com)

Lúcia Soares disse...

Assistir a telejornais noturnos, é de quinta, mesmo! Aprovado!
Quanto às fotos, triste realidade mundial.

Andréa disse...

adorei as fotos e ainda mais as respostas...o cara já sabe mesmo onde vive...Sobre as fotos...existe um site/fotolog onde se possa ve-las?

Valéria Martins disse...

Hum... Trindade... Saudade!

Cruela Cruel Veneno da Silva disse...

olha, ir pro seu país para ser atendido é phoda.

mas o fato seria até engraçado se não fosse trágico.

Rosane Queiroz disse...

Gente querida,

ando devendo respostas, entre outras coias...
mas leio todos, vejo egente nova por aqui, como o Armando, e fico feliz em saber que as fotos tocaram voces de alguma forma

beijos

Sandro Aurélio disse...

Seu blog é MARAVILHOSO.

Ali foi um incrível atleta, mas magnífico ser humano.