quarta-feira, 28 de maio de 2008

Paquera de segunda


Dia desses, tentando consolar um amigo muito querido que sofria de dor-de-cotovelo – essa coisa péssima e horrorosa que todo mundo já experimentou um dia -, diante da incapacidade de encontrar respostas para questões complexas e quase existenciais como “por que estou sozinho?”, “por que as mulheres são assim” e coisa e tal, resolvi apelar: “fulano, já que você está indo pra Europa, por que não aproveita e arruma uma moçoila bem maravilhosa por lá?” Afinal, usei como premissa a frase de segunda que vi certa vez na camiseta de alguém na rua, “Dinheiro não traz felicidade, mas ajuda a sofrer em Paris”. Pois bem, domingo ele voltou da chiquetérrima viagem, e eu fui logo perguntando se tinha arrumado algum amor internacional. “Bem, amor-amor não, mas rolou uma coisa meio platônica... Quando estava no Museu do Orsay, em Paris, e vi o quadro ‘O almoço sobre a erva’ (Le déjeuner sur l'herbe), de Édouard Manet (esse da foto acima), não conseguia tirar os olhos da moça pelada. Ela, por sua vez, também não parava de me olhar um segundo sequer. Mesmo percorrendo o museu, toda hora nossos olhares se cruzavam”. Depois de muitas gargalhadas, ele argumentou: “Paloma, essa coisa de trocar olhares e paquerar é tipicamente brasileira. Na Europa e nos Estados Unidos, por exemplo, isso não existe, não rola, não funciona”. Então caiu a ficha: meu conselho de procurar uma moçoila européia foi super de segunda, pois lá dá pra trocar olhares, no máximo, com as musas das obras de arte! Que mico pra essa psicóloga-de-botequim que vos fala, e que chato para as pessoas que estão solteiras, como meu amigo, né? Bom, mas olhemos o lado bom da coisa: pelo menos o flerte não foi com a Monalisa. Porque ela definitivamente não tem nada de sexy - ao contrário, no entanto, da peladona aí da imagem...
PS. Solteiras de plantão, esse recado é especialmente para vocês: meu amigo é de primeira - bonito, inteligente, sensível, educado e está solto, soltinho na praça... Depois não venham dizer que não avisei, hein?

11 comentários:

Rosane Queiroz disse...

Essa e muito boa! e a peladinha do quadro ate que e masi interessante que a monalisa mesmo

ah, e eu que uma vez achei que tinha um psicopata olhando para minha janela, da janela do predio da frente. quando fui olhar direito, era uma foto do che guevara na parede...

bj

Paloma Lopes disse...

rarará. a dona do che bar sendo paquerada pelo próprio che? que sincronicidade! que luuuuxo! adorei! rsss
beijo, rosinha!

rosane queiroz disse...

pra voce ver...
xi, estamos precisando de divulgacao paloma, olha nos duas aqui comentando nossos proprios posts!

rsss

bjos,

Rê disse...

Nossa, ri alto. Muito cômico esse post.

ps: não sou uma obra de arte, mas tô solteira, hein? haha

Beijocas.

Miglim disse...

Seu amigo é de verdade?não é imaginário não?Homem solteiro com todas essas qualidades...sei não.

ALOBONDER disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ALOBONDER disse...

Em Paris tem praia?
Ah...,deve ser por isso.Em Paris não tem praia.Tem os cafés!
Se fosse na Côte d'Azur...!

ALOBONDER disse...

Mme Rosane
Já imaginou se fosse o pôster do maníaco da moto-serra?
Que susto iria passar, não?

Gis disse...

Pode apresentar o moço pra mim! rsrs Se ele topar de vir ao sul e aceitar que eu vá pra SP, quem sabe? Eu tbm sou bonita, inteligente, sensível, educada e estou solta. rsrsrs

Rosane Queiroz disse...

Oi gis, acho que vou armar uma rede de encontros la no miojo, que tal

bjos, ro
paloma, arma esse encontro!

Paloma Lopes disse...

ixi, moçoilas, um passarinho verde me contou que o meu amigo partidão voltou a ficar "busy". sabe como é, as coisas acontecem rápido nessa vida. mas o seu miojo podia ter uma seção "single procura", né rô? aí os solteiros e as solteiras podiam se candidatar... que acha? rsss
beijos, beijos!