segunda-feira, 30 de junho de 2008

Licença-felicidade


A dor de dente me pegou num sábado. Chuva, aspirina, cama, filha vendo desenho na sala. Passou no domingo, sumiu na segunda, voltou na terça com tudo. Tempo chato, trânsito, dentista, e a confirmação: era mesmo canal. De repente, tudo de importante fica fora de foco. Há poucas coisas mais urgentes do que uma dor de dente. Todas as desculpas são aceitas, todo mundo que tem dente, entende. A empregada capricha no café, a filha pergunta do dodói, a amiga indica o dentista, dá-se um jeito no trabalho. Na cadeira do dentista, com a boca aberta e anestesiada, penso que foi até bom ser 'interditada' pelo dente doente. No meio da loucura, tive 60 minutos inteiros para pensar em nada –ou seja, em tudo o que vem à mente numa cadeira de dentista. A lista do supermercado, os candidatos à prefeitura de São Paulo, as unhas por fazer, os desejos adiados, entre outras reflexões como: por que só as coisas ruins nos fazem parar tudo? Se a gente passa mal do estômago ou quebra a perna, tira um dia ou até uma licença do trabalho. Por que não criar uma “licença-felicidade”? Você liga e diz: “Desculpe, tive uma noite incrível, bebi com os amigos, ri muito, namorei e acordei numa alegria! Preciso tirar o dia para curtir um pouco mais, amanhã estou aí.” Não seria um motivo tão compreensível quanto uma dor de dente?


Ps: esse texto já tem um tempo. Lembrei dele ao ler o post da Palomita (abaixo) Minha amiga não está nem de licença, mas de férias-felicidade! Seja feliz todos os dias da semana, Paloma!

5 comentários:

Rafa disse...

Também acho que seria maravilhoso.
Mas nós podemos nos dar essa licença-felicidade. Basta querer!

marcia disse...

Adorei a sua idéia!!!uma licenca-felicidade seria TUDO.bjokas

Silvana Tavano disse...

Licença-felicidade é uma idéia de primeira. Adorei!

danisiinha disse...

olha , adorei a licença -felicidade...
motivo muito mais justo para um stop... do que ser feliz , nao há!
bjsss

Crist. disse...

Amei a idéia! Que vida louca a nossa hein? Temos paciência e tolerância com os problemas, já com a alegria...